Oficina “Moradores – A Humanidade do Patrimônio” | São Gonçalo do Rio das Pedras/MG

Oficina “Moradores – A Humanidade do Patrimônio” | São Gonçalo do Rio das Pedras/MG

ÁREA/LINGUAGEM Transmídia/Educação Patrimonial Faça sua reserva da sua vaga aqui. INTRODUÇÃO A oficina propõe a construção coletiva – monitores e alunos – de uma etapa do projeto “Moradores – A Humanidade do Patrimônio” no distrito de São Gonçalo do Rio das Pedras, município mineiro do Serro. O projeto Moradores, criado em 2012, já passou por..
Projeto Moradores é selecionado pela Oi para temporada 2017/2018

Projeto Moradores é selecionado pela Oi para temporada 2017/2018

Moradores – A Humanidade do Patrimônio Histórico está entre os 34 projetos culturais selecionados em todo o país pela operadora de telefonia Oi. O movimento cultural de ocupação urbana usa a integração da Fotografia, Audiovisual, Contação de Histórias, Literatura e Educação Patrimonial para valorizar a Memória das cidades brasileiras. Defende que a história pessoal dos..
Moradores de leste a oeste

Moradores de leste a oeste

Do Vale do Aço para o Centro-oeste de Minas Gerais. Lá se vai o projeto Moradores – A Humanidade do Patrimônio Histórico em busca de novas histórias que possam valorizar a memória dos moradores como o maior patrimônio que uma cidade pode ter. Depois de passar por Ipatinga, o projeto chega à sua 13a etapa..
A velha decrepita e o porra louca

A velha decrepita e o porra louca

Certas delicadezas da vida sempre insistem em ficar pelo caminho. Perdem-se da rota traçada, mas ao contrário do imaginado, não se tornam menos importante. Algumas pessoas são assim: delicadezas. Escolhem abandonar o belo destino sonhado para se tornarem pedra no meio do caminho. Marcio Morais é uma dessas pedras preciosas que escolheram parar antes mesmo..
O Baixinho do Picolé

O Baixinho do Picolé

O rio São Francisco parte ao meio os estados da Bahia e Pernambuco lá no sertão. Só não consegue separar a eterna paixão proibida que existe entre as cidades de Petrolina/PE e Juazeiro/BA. De suas beiradas, por inúmeras vezes, as barquinhas (como são chamados os barcos que fazem uma espécie de “lotação” entre as duas..
Miudezas de um anjo

Miudezas de um anjo

“Ela está aqui e disse que vai te esperar”. Desliguei o telefone e abandonei imediatamente o que fazia para ir até a tenda branca reencontrar o abraço caloroso de Dona Miúda. Quando a vi sendo fotografada, sua história passou pela minha cabeça: a infância em Quartel do Indaiá; o trabalho com a mãe e os..