Moradores de leste a oeste

Moradores de leste a oeste

Do Vale do Aço para o Centro-oeste de Minas Gerais. Lá se vai o projeto Moradores – A Humanidade do Patrimônio Histórico em busca de novas histórias que possam valorizar a memória dos moradores como o maior patrimônio que uma cidade pode ter. Depois de passar por Ipatinga, o projeto chega à sua 13a etapa em Itatiaiuçu, também com patrocínio da Usiminas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

De quinta-feira (03) a sábado (05), o coletivo NITRO + ALICATE montará a tenda na Praça Antônio Quirino da Silva, de 10h às 17h. Lá convidará os moradores a serem fotografados e a contarem as histórias que os ligam à cidade onde moram.

“Uma cidade só é amada e cuidada por seus moradores quando eles se posicionam como protagonistas desta história. Perceber isso é fundamental para se despertar o orgulho pelo lugar onde vivemos”, explica Marcus Desimoni, um dos autores do projeto.

Depois do processo de captação de conteúdo, será montada uma exposição na mesma praça, composta por grandes painéis de 4m x 2m, com retratos de alguns dos moradores. Outra etapa do projeto consiste no desenvolvimento de um varal fotográfico para que todos os participantes possam ter acesso a uma cópia dos seus retratos como um “muito obrigado” por terem doado um pouco de seu tempo a contar histórias.

Os interessados em participar devem procurar os responsáveis pelo projeto “Moradores – A Humanidade do Patrimônio Histórico”, que estarão na praça principal de Itatiaiuçu entre os dias 03 e 05 (de quinta-feira a sábado), de 10h às 17h.

Face#_tendas_itatiaiucu_v2