Mestre Assis Horta é o novo fotógrafo do projeto Moradores

Mestre Assis Horta é o novo fotógrafo do projeto Moradores

A cada etapa do projeto Moradores – A Humanidade do Patrimônio Histórico surgem novas surpresas. Em Diamantina foram inúmeras, mas uma delas marcou para sempre a equipe do projeto: a presença do mestre Assis Horta, 95 anos, fotógrafo de extrema importância para a história da fotografia e do patrimônio cultural e artístico de Minas Gerais.

Seu Assis começou a fotografar na década de 1940 e foi responsável pela documentação de todo o conjunto arquitetônico de Diamantina, quando prestava serviços ao antigo SPHAN, que viria a se tornar o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Também coube a Seu Assis fotografar todos os trabalhadores de Diamantina, ainda na década de 1940. Estes retratos foram usados para as primeiras carteiras de trabalho, exigência surgida com a criação da CLT, no governo de Getúlio Vargas.

E foi esse senhor sorridente e amável que fez questão de ser fotografado na tenda do projeto Moradores. Diamantinense de raiz, Seu Assis hoje mora em Belo Horizonte, mas esteve na cidade para prestigiar o projeto. Foi fotografado; levou amigos e parentes para dentro da tenda e o mais especial: fotografou para o Moradores!

Seus Assis Horta escreveu mais um belo e importante capítulo do Varal de Histórias do projeto Moradores.

TEXTO: Gustavo Nolasco

FOTOS: Assis Horta, Marcus Desimoni e Gustavo Nolasco

Assis Horta foi fundamental para a documentação do patrimônio artístico de Diamantina.
E levou sua alegria para dentro da tenda fotográfica do projeto Moradores.
Foi fotografado para a exposição do projeto em Diamantina.
Emocionou a todos que acompanharam sua visita à cidade.
E Assis Horta foi para o posto que mais lhe cai bem.
E assim, Assis Horta se tornou o mais novo fotógrafo do projeto Moradores.
E nessa história, Assis Horta clicou toda a alegria e emoção da equipe do projeto Moradores.